Rio Aripuanã - O Paraíso de Pesca.

January 21, 2016

Dentro de nosso País ainda existem muitas regiões e rios pouco explorados por pescadores amadores e esportivos. Dentre eles posso citar o Rio Aripuanã que está localizado no sul do estado do Amazonas onde recentemente a Pousada Pira Açu foi construída. Afluente do Rio madeira, o Aripuanã é um rio onde se encontram muitas formações rochosas em águas rápidas. Devido estas e outras características a região é de uma beleza bem diferente daquelas que os pescadores estão acostumados a ver ao se aventurar mais ao norte do estado. Um rio bem mais estreito onde a preservação é total.

 

No Aripuanã é onde deságua o famoso Rio Roosevelt conhecido pela sua grande diversidade de peixes, situação esta que acontece também no próprio Aripuanã e em seus outros afluentes. Devido uma reserva sustentável conhecida como MOSAICO DO APUÍ, a pesca predatória não existe na região, mais um dos fatores que fazem com que o rio seja um grande celeiro das mais diversas espécies de peixes esportivos do Brasil. Nas proximidades da pousada a pesca é feita no Aripuanã e em mais 03 rios secundários, o Paxiuba, o Guariba e o Buiuçu cada qual com sua particularidade de peixes e de ambientes.

 

 

 

   

 

    

No começo do ano, época em que o rio está cheio os grandes peixes de couro são facilmente encontrados por toda extensão do rio. Piraíbas, jaús e a grande quantidade de pirarara impressiona qualquer pescador que já tenha explorado outros rios de características similares. Para aqueles que realmente estão atrás dos grandes bagres vale muito conhecer a região, sem contar com os de porte menores como os cacharas, barbados, jundiás e até mesmo alguns menos conhecidos - caso da dourada zebra e do republicano. Chegando mais ao meio do ano a pesca fica ainda melhor, com a diminuição do volume de água do Aripuanã, começam a aparecer as pedreiras e os lagos do Guariba começam a ficar no ponto exato para as iscas artificiais -  ai o tucunaré se torna o carro chefe da pesca. Por mais que seja uma região amazônica o tucunaré Açu não frequenta aquelas águas dando espaço para o PINIMA, peixe de voracidade incrível e uma coloração que encanta.

 

 

 

Devido a pouca quantidade de lagos e os rio serem compostos de muitas pedreiras os peixes ficam escondidos por lá e na maioria das vezes próximos as águas rápidas, o que os deixam muito mais forte fazendo com que a briga fique muito mais intensa ao capturá-los. Grandes Aruanãs, bicudas, apapas, cachorras largas melhora ainda mais a brincadeira dos fanáticos por iscas artificiais. Para os que gostam da pescaria com Fly a diversão não para, pois em determinadas épocas do ano além dos tucunas e companhia aparecem as matrinxãs e as jatuaranas, sem contar na incrível pescaria do pacu borracha durante praticamente o ano inteiro. Rios menores durante a seca permite que o Flyseiro caminhe por longas distâncias dentro d´água visualizando sua possível captura, está sensação deixa o pescador ainda mais ligado a natureza.

​Quem já está super animado para conhecer a Pousada lendo este artigo, vale lembrar que o preparo físico tem estar em dia, pois além de todas as espécies citadas acima também é possível encontrar por lá, a que talvez seja a maior briga que temos em água doce no Brasil – a pesca do tambaqui e da pirapitinga amazônica. Dois peixes redondos que tiram o fôlego de qualquer pescador, principalmente quando capturados as margens das cachoeiras de Samauma, uma incrível queda d’água de visual deslumbrante situada a aproximadamente 1:00h subindo o rio a partir da pousada. Entre os meses de dezembro a abril não é difícil ferrar um destes brigadores no Aripuanã o problema real é conseguir embarcá-los para a fotografia. Digo que pontos como estes estão cada dia mais difíceis de ser encontrados.

 

A pesca tem ficado cada vez mais longe e consequentemente mais dispendiosa. Já estive em locais que foram um dia como o rio Aripuanã e hoje está em situação critica devido a falta de respeito e também a normativas ultrapassadas que temos em nosso país, o que eu espero é que esta situação se reverta o mais rápido possível para que tenhamos rios como este por todo nosso querido Brasil.

 

quem leva:

www.pescarianaamazonia.com.br

reservaspiraacu@gmail.com

(61) 9 8414-3849 whatsapp

 

Please reload

Featured Posts

Enquanto isso na cheia...

January 23, 2016

1/1
Please reload

Outras Postagens

April 26, 2018

January 23, 2016

Please reload

WhatsApp: 55 61 98414 3849
reservapesca@gmail.com

Brasília - Brasil

  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon
  • White Instagram Icon