Piraíbas Gigantes - Suriname

Recentemente tive a oportunidade de conhecer um local fantástico para aqueles que gostam de grandes emoções. O Suriname é um roteiro de pesca pouco conhecido e simplesmente incrível para aqueles que estão à procura das grandes Piraíbas.


Já havia algum tempo que estava estudando a região e me programando para conhecer o Rio Corantyne conhecido pelos gigantes que habitam suas águas.


Nossa aventura começou a partir da cidade de Belém – PA, onde de lá partimos rumo a Paramaribo – Capital do Suriname. Após 3:30 h de voo fomos recebidos pela equipe da Fish Finder que nos levou para conhecer a estrutura de sua loja, por sinal de muito bom gosto com equipamentos de primeiríssima e preços bem acessíveis em diversas marcas de produtos de pesca. A variedade e qualidade dos produtos me deixaram impressionado, pois não sabia que Suriname tinha um potencial pesqueiro daquele e nem imagina uma MEGA LOJA naquela região. Fomos super bem atendidos pela proprietária Simone que nos deixou bem à vontade e fez um tour completo conosco.


Após algumas comprinhas e com a tralha devidamente preparada nos deslocamos rumo ao aeroclube para continuar nossa jornada, seriam mais 50min de voo até as margens do famoso Rio Corantyne e mais cerca de duas horas subindo o rio até chegar ao Lodge. Visto de cima, a região lembra bastante nossa floresta amazônica, com uma natureza imponente e uma preservação singular.


A estrutura do Lodge é muito aconchegante de extremo bom gosto e com uma equipe espetacular. Como não iriamos pescar naquele dia tratamos de arrumar as tralhas e logo após participamos de uma palestra com o amigo e responsável pela operação, Diogenes Hoffmann – “0 CHEF” - onde fomos devidamente informados de como seria nossa pescaria e o mais importante, o cuidado que deveríamos ter com os peixes.



A PESCARIA


No primeiro dia de pesca, logo bem cedo, seguimos todos para o mesmo ponto de pesca. Como estava acompanhando o grupo, meu objetivo era que primeiramente os turistas fizessem boas capturas, afinal de contas minha programação era passar 15 dias na região. Em pouco tempo de espera logo vimos atividade de peixes em duas embarcações ao mesmo tempo. Celsinho e Eustáquio fizeram um double de Piraíbas no mesmo barco que infelizmente não foram embarcadas, enquanto Sr. Jader Ramos brigava com outra um pouco mais abaixo.

Neste primeiro dia todos os barcos tiveram ações de grandes peixes, porém nem todos eles foram embarcados. Algumas linhas arrebentadas e outros peixes que não foram devidamente fisgados mas deu para ter uma boa ideia do que estava por vir.


A pesca de Paraíbas exige do pescador muita paciência, porém no Suriname era comum termos mais de 03 ações deste peixe por dia em cada uma das embarcações. É um peixe muito forte que não permite erro do pescador e nem dos guias.

O rio é composto por muitas pedras e a pescaria é feita nos poços mais fundos. A característica do peixe na região é bem diferente do que temos no Araguaia – um de nossos rios mais indicados e conhecido para a pesca deste peixe. O peixe muita das vezes entra tranquilo e as grandes corridas só ocorrem mesmo depois de ferrado. Outra coisa que me impressionou muito é a força e a briga intensa devido o peixe ficar em locais mais profundos. Presenciei várias vezes situações onde o peixe simplesmente parava de nadar e usava praticamente seu peso a favor dele quando de repente vinha mais uma corrida gigantesca que levava vários metros de linha de nossos molinetes e carretilhas.

Esta primeira semana foram várias capturas onde no último dia o amigo Diogo conseguiu um belíssimo troféu que ultrapassava 2,30 metros de comprimento, um peixe de extrema beleza e que proporcionou ao amigo momentos inesquecíveis.


A EQUIPE


Um diferencial muito grande do Lodge, é a Equipe de guias e todo o STAFF devidamente treinado. Diogenes e o pessoal do Lodge fizeram questão de levar guias experientes das mais diversas regiões do Brasil para que o atendimento seja realmente diferenciado e de grande competência. A união e o trabalho de equipe que eles fazem quando um peixe é capturado é de extremo profissionalismo. Todos param sua pescaria para ajudar o outro quando se captura um grande peixe. É simplesmente formidável. Sem contar a preocupação do “CHEF” em fazer com que todos turistas saiam de lá com um grande troféu na bagagem.


Ao longo destes 12 dias de pesca tive o prazer de capturar inúmeros peixes e lógico perder vários outros. A quantidade de Piraíbas é realmente de impressionar e um dos momentos mais bacanas da pescaria foi quando no último dia, logo pela manhã falei para meu cinegrafista que não iria pescar e que agora era a vez dele.


Alexandre Jabu, além de ser um amigo de mais de 20 anos e meu compadre, é também fanático com pesca. Em pouco tempo em nosso primeiro ponto ele soltou sua isca e em menos de 5 minutos teve ação em seu equipamento, porém sem sucesso, havia arrebentado a linha na hora ferrada. Provavelmente estava puída e não nos atentamos. Paramos arrumamos o equipamento e soltamos a isca praticamente no mesmo local e mais uma vez em um pequeno prazo de tempo a atividade do peixe estava na linha só que desta vez foi diferente.


Durante toda a batalha do amigo com seu peixe eu me tornei o cinegrafista e ele o pescador, foi simplesmente um momento mágico. Pude ver o grande amigo brigando com sua primeira Piraíba e ao final ver a emoção estampada no rosto dele. No momento da soltura ele não se conteve e algumas lágrimas escorreram de seu rosto mostrando que ele havia realizado seu grande sonho e eu tive o privilégio de fazer parte dele.


A grande maioria dos pescadores também tem o sonho de capturar este gigante de água doce. Tive oportunidade de encontrar este peixe em várias regiões de nosso país, porém a quantidade de grandes Piraíbas no Suriname realmente me surpreendeu. Não teve nenhum dia sequer que passamos em branco sem ação de peixe. TIRAR DA ÁGUA AÍ JÁ É OUTRA COISA. O que posso dizer é que Suriname é um local abençoado e que aqui o sonho está mais próximo de ser realizado.


Não posso acabar este relato sem deixar minhas memórias ao grande pescador Cesare Calor que foi o percursor da pesca esportiva no Suriname e o idealizador do Piraíba Lodge. Infelizmente ele não está mais aqui conosco, mas tenho certeza absoluta que continua acompanhando de perto a todos que se aventuram por aquelas águas passando boas energias e lógico curtindo cada momento com os pescadores que passam por lá.


Abraço meu amigo e Deus ganhou um grande companheiro.


QUER FAZER UMA AVENTURA COMO ESTA?

CLIQUE AQUI!







Featured Posts
Outras Postagens

WhatsApp: 55 61 98414 3849
reservapesca@gmail.com

Brasília - Brasil

  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon
  • White Instagram Icon